Make your own free website on Tripod.com
V Copa do Mundo da FIFA - 1954
Djalma Santos
Home

66djalma03.jpg

 

Dejalma dos Santos, mais conhecido como Djalma Santos, (São Paulo, 27 de fevereiro de 1929) é um ex-futebolista brasileiro. Foi nomeado por Pelé um dos 125 maiores jogadores vivos de futebol em março de 2004. Foi um dos melhores laterais-direitos de toda história e disputou mais de cem partidas pela Seleção Brasileira de Futebol, incluídas as copas de 1954, 1958, 1962 e 1966.

Na fim da Copa do Mundo de 1958 entrou no lugar do titular De Sordi, contundido, e em apenas noventa minutos, foi eleito o melhor jogador da posição no Mundial.

Djalma fez história pelos três grandes clubes por onde passou. Na Portuguesa, fez parte da melhor equipe do clube de todos os tempos - ao lado de Pinga, Julinho, Brandãozinho, entre outros- e conquistou os Torneios Rio-São Paulo de 1952 e 1955. É também o maior recordista de jogos disputados pelo clube. São 453 no total. No Palmeiras, conquistou os Campeonatos Paulista de 1959, 1963 e 1966, vencendo o incrível Santos, de Pelé. Pelo Atlético Paranaense, o lateral jogou até os 42 anos de idade, outro verdadeiro recorde para jogadores de futebol.

Uma jogada que sempre fazia era a forte cobrança do arremesso lateral, jogando a bola sempre dentro da área adversária. Segundo ele, tinha um problema na mão provocado por um acidente de trabalho,o que fazia com que jogasse a bola sempre para a frente.

Volta à página principal